.Cancele a Assinatura

.posts recentes

. Vamos ajudar o MSM - Movi...

. Serra recomenda “discriçã...

. Escolha de Índio para vic...

. Procura-se uma oposição s...

. O novo vice de Serra

. Tijolaço: Rede convoca Di...

. DUNGA em: Um Dia de Fúria...

. A cobertura de Lula em Is...

. FIFA elimina o Morumbi e ...

. Só São Paulo salva o tuca...

.subscrever feeds

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

COMO SE COLHE BONS FRUTOS

Ainda existem pessoas de boa índole que acreditam que o sucesso do governo Lula se deve exclusivamente pelo legado de FHC e de boa dose de sorte, mas não é bem assim como veremos a seguir.

 

A crise iniciada em setembro de 2008 põe por água abaixo qualquer argumento de que o governo Lula só é bem sucedido por ter seguido a cartilha de FHC e sorte pelo grande crescimento mundial que estava ocorrendo. Pois bem, quando a crise atingiu o Brasil o presidente Lula NÃO seguiu nenhuma cartilha de FHC, pelo contrário, se Lula seguisse FHC teria tomado medidas conservadoras aumentando os juros, cortando as despesas públicas em todos os níveis e outras medidas neoliberais (talvez até privatizando a Petrobrás). Mas não, Lula tomou medidas que muitos economistas consideraram arriscadas tais como, entre outras, pedir aos bancos públicos ampliarem os créditos, reduzir impostos, pedir que a população não parasse de consumir, mas com responsabilidade, e os juros caíram ao menor nível da história. Com isso o Brasil saiu mais rápido da crise que qualquer outro país emergente (os outros ainda estão em crise) e cresce a taxa de 9% neste trimestre. Quanto ao fator sorte, ninguém pode dizer que um presidente teve sorte sofrendo com a maior crise mundial desde 1929 durante seu mandato.

 

Em relação aos cinco anos e meio antes da crise, Lula seguiu sim seus antecessores em algumas coisas, é natural. Se são boas, porque não? FHC não seguiu Fernando Color? Ou FHC fechou o mercado nacional aos produtos importados que  Color havia aberto? Claro que não, seguiu naturalmente. FHC seguiu Itamar Franco com o real, embora tenha participado não foi ele o idealizador do real e sim Itamar Franco, que tantos esquecem disso dando toda a glória a FHC. Ninguém, com raríssimas exceções, queria uma ruptura total da política econômica quando Lula assumiu, principalmente aqueles que hoje o criticam.

 

O sucesso de Lula não se deve por seguir a cartilha de FHC, Lula e FHC pesam muito diferente sobre o papel do Estado na economia, e é aí que está o sucesso do governo Lula. O governo investe pesado no social, fazendo a economia crescer, beneficiando a todos. Dizem que o Bolsa Família é eleitoreiro, ora não é dando dinheiro aos pobres que se ganha eleição, é dando aos ricos como o PSDB vem fazendo em São Paulo onde está no poder a 15 anos. Mas Lula governa para todos, não é deste modo que Lula quer fazer seu sucessor, é mostrando tudo que fez nestes 7 anos de governo dos pobres aos ricos, pela nação.

 

Qual a diferença entre uma pessoa de sucesso com outra que não obteve sucesso? Somente a sorte? Tem gente que nem acredita em sorte. Uma das maiores diferenças é o que cada um faz com as boas oportunidades e os percalços que lhe aparecem. Lula sabe lidar bem com as boas oportunidades e tirar proveito, não em benefício próprio, mas em benefício da nação e sabe contornar as coisas ruins, fazendo do limão uma limonada. FHC fez um primeiro mandato melhor que o segundo, não aproveitou as oportunidades para fazer um bom governo neste segundo mandato, tanto que saiu com uma popularidade baixa. Governou para poucos, para a elite. Em São Paulo o PSDB está tendo sucesso agindo deste modo, mas o Brasil não é São Paulo.

 

Para finalizar, FHC tem seus méritos, mas ele não colheu o que ele mesmo plantou. Por que não quis ou foi incapaz, não sei. Lula além de colher do anterior plantou muito mais e agora está colhendo tudo.

 

PS : As pessoas as quais me referi no início podem dizer que este texto é tendencioso. Pode ser. Tão tendencioso como os jornais e revistas conservadores da Inglaterra, Espanha, Estados Unidos, Alemanha...

publicado por Levy às 01:37
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Décio Salvaterra Filho a 27 de Novembro de 2009 às 19:15
Bem, este texto não é tendencioso por, antes, lhe faltar argúcia e conhecimento.
Sobre isso, ou é calcado em premissas errôneas ou é tendencioso, não dá pra ser as duas coisas, ao mesmo tempo.
Na crise, a baixa do juros, visando fomentar o consumo, foi uma medida adotada, antes, pelo próprio governo norte americano, de onde veio a crise.

E eu aposto a minha avó, como o Itamar, sob aquele topete, não tem neurónios suficientes pra gestar e parir um plano como o Real.

Comentar post

Sou um cidadão brasileiro que resolveu se aventurar na blogosfera por não aguentar mais a "ditadura da mídia". O título do blog “BRAZIL 21” é uma referência as grandes mudanças que estão ocorrendo no Brasil neste início de século, mudanças que arremessam o país as primeiras posições entre os grandes países do mundo dentro de uma ou duas décadas e Brasil com "z" pelo grande sucesso e reconhecimento que está tendo no exterior, mundo afora.

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

blogs SAPO